Desde 08 de setembro de 1940

Quem Somos > Nossa história

Criada em 1940, a Casa foi idealizada por Darcy Vargas com o objetivo de amparar os meninos que vendiam jornais e dormiam nas ruas do Rio de Janeiro, conhecidos como pequenos jornaleiros. Originalmente, a CPJ era um internato onde os meninos moravam e estudavam.

Eles saíam para vender jornais e retornavam para a instituição onde, além da escola, recebiam alimentação e assistência médica e odontológica.

Com o passar dos anos, a configuração da Casa foi mudando, de forma a atender a novas demandas decorrentes do desenvolvimento e do processo de democratização de nossa sociedade.

Nos anos 90 o regime de internato foi extinto. Aos poucos, consolidou-se um projeto educacional de complementação do horário escolar para meninos e meninas que estudam em diversas escolas, com quatro horas diárias de cursos e atividades, ocupando assim o dia inteiro dos jovens. O programa tem como foco aprimorar a formação geral, possibilitando um futuro melhor para todos.

Desde sua fundação, a Casa é mantida através da contribuição dos jornaleiros da cidade do Rio de Janeiro e doadores individuais e empresariais, além de parcerias pontuais firmadas através de convênios.

Neste vídeo, é possível acompanhar ao lançamento da pedra fundamental, em 1939, e ainauguração um ano mais tarde.